CARNAVAL ALADO

fevereiro 29, 2012

Resenha de quem fugiu da cidade grande: 1 – Chapada…”carros de SON em qualquer viela; 2 – Litoral Norte…”que horror!!! SON brega e do pior; 3 – Ilha de Itaparica…, nem pensar! SON brega em todo lugar.

A operação desmonte, de palanques e passarelas, é coisa de novela. Chegamos ao 29 de fevereiro e não ainda limparam o cheiro. Voou para um breve retorno o que, dizem: é festa do povo!

Mi-careta vem ai e vai pousar no Piruí.

Anúncios

Carnaval chegando!

fevereiro 16, 2012

 Chegando o carnaval!

Hoje, 16 de fevereiro, no terrorismo voando, o carnaval chegando e estressados ficamos neste início de ano. Muita lição chamou à atenção para quem quis aprender. Tivemos de tudo no palco do tempo: hipócritas, mentiras, safadezas, torpezas. “Mídia falante”, falastrões triunfantes, os cambaus!

Olha a manchete do jornal A TARDE de 14-02: – Delegado suspeita que PMs executaram 30 durante greve… Será?

 Vimos de tudo na esteira do tempo: momentos de tensão e de agradecimento!

Mídias “caseiras” falando besteiras, soltando as frangas nas redes sociais com muita prosa influenciada, talvez, por “DIREITA-RAIVOSA”.  Doce ilusão pra que surjam efeitos no equivocado “bordão”!

De hora em hora badaladas notícias do caso “Eloá”. Sete jurados, incomunicáveis, com fé, num ambiente de hotel em Santo André! Comentários de frente, comentários de ré! Um show dos times de acusação e defesa deixando na história, com toda certeza, o melindre dos códigos e toda a grandeza no ajuste de contas dos tribunais. Garantido ficou, a máxima pena para quem praticou horrendas torpezas.

Hipocrisias?

Desfila o primeiro bloco dos “engraçados” – “Se beber não dirija,  se não beber morra de sêde!!!”

Logo a CAIXA?Pai-Trocínio!

2012- hoje é primeiro de janeiro

janeiro 1, 2012

Estou em Arembepe, Camaçari-BA. Volta do Robalo era o nome que me fez para cá chegar nos idos 1976/1977. Hoje, consulto os demais, recordações se abrem e, por mais de 35 anos vejo a banda passar. Lá fora, a euforia de quem comprou o seu novo “SON”. É preciso disposição e “raça” para se chegar até o centro do Vilarejo para ver o mar. Registro o momento na “Esteira do Tempo” que acaba de mandar o balanço do finado 2011.

Feliz 2012 para os perpetuados comentários!!!. Já, breve, editarei fotos!

FELIZ NATAL-2011

dezembro 25, 2011

2011-NATAL-COLUNA SOCIAL

Brasil, habitado por povos ameríndios, descoberto por europeus em 1500, e foi colônia do império ultramarino português tendo o vínculo colonial quebrado, em 1808, quando a capital do reino foi transferida de Lisboa para o Rio de Janeiro por conta de Napoleão Bonaparte, mantém uma bela tradição de consumismo nas festas natalinas. Acho bom porque, com tais procedimentos, os galhos familiares se entrelaçam amenizando os imbróglios dos “dia-a-dia” de cada tronco. Em várias partes do mundo povos diversos também mantêm a sua tradição. Mas agora vamos falar da nossa, ontem, na casa da bisneta Alice irmã do Tom, anfitriã debutante, (no seu terceiro mês de vida), festa programada pelos “caciques”.

A generosa tia Ilka, com a bondade de “papai-noel”,  ajudada por tia Márcia e a tia Emília, esta avó da debutante, arrumaram a macro homenagem ao casal Juju/Mário (mãe/pai) da debutante. Presentes também estiveram, além da cuidadosa secretária Arlene, também: o teatrólogo e filósofo Gabriel (chegado de Sampa), o avô Fritz, primos & cia.: Alex, Almir, Laili, Elis, Manoela, Nara, Clara, Isabela, Renata, Ian, e os (pajés-fans) Raimundo e Zé. Tia Iami, mandou o abraço, por força maior não pôde estar.

peru-Natal?

FRENESI DO SAMBA

novembro 28, 2011

Novembro, último domingo. A Praça do Campo Grande de Salvador, Bahia, dá um retrato fiel de como está o povo. Histeria coletiva? Sim, histeria coletiva! A lei é beber até cair. Jovens e adultos, de todos os sexos e matizes, sacodem o bum-bum mostrando que tudo que reluz é ouro.

Vários “trios-elétricos” estacionados ao redor do belo jardim da majestosa praça.

Futebol e carnaval fazem a alegria do povo e não têm “tempo-duro”  E a “esteira do tempo” registra mais um frenesi da histeria coletiva torcendo para que sempre as fomes sejam saciadas.

Tiro nas bicicletas?

OUTUBRO HISTÓRICO-2

outubro 31, 2011

Enquanto o milharal brota o final de outubro lota: Semblantes brilhantes; oposição ofegante; caiu o sexto ministro! Não era nenhum querubim pra resistir ao fim, torpezas à mesa de revistas afins da nossa cara nobreza.

De repente, videntes, abalam a saúde do ex-presidente. Integrantes de redes sociais botam a cabeça de fora, uns desejam o pior e outros desejam melhoras. Os primeiros, indignos e vergonhosos, não imaginando o que o diabo anda caçando.

Canais da imprensa diária fazendo forte cenário. Jogaram nos cestos de lixo ciúmes com brigas domésticas dos filhos de seu Francisco.

No balanço geral, outubro findando, do lixo saiu um maratonista ganhando, mais uma medalha de ouro o Brasil contemplando.

Uma homenagem especial aos maratonistas: “Rocha” e ao particular amigo “Paulino Fucunaga”; este último, meu preclaro comentarista.

Plante o bem e afaste o ódio!

OUTUBRO HISTÓRICO-1

outubro 19, 2011

OUTUBRO HISTÓRICO-1

Já no novo horário-verão. Breve relato:

A última notícia, melhorzinha, foi a troca de prisioneiros palestinos por um soldado israelense.

Das primeiras notícias das últimas do mês, ouvi-las, foi dose pra leão. No campo da violência foi estouro por todos os lados. As mais badaladas: fogão do restaurante, no Rio; caminhoneiro de Itaparica/Ba; mais de uma centena de humanos vitimados nas estradas e a continuação da guerra com muitas brigas nas ruas. O que amenizou um pouco foi a mostragens do PAN em Guadalajara.

A Nebulosidade política sempre presente. Os semblantes da platéia oposicionista indicavam sabor ao contemplar o espernear do ministro jogado às feras por uma revista. Imprevisível esse mau tempo.

Enquanto meu milharal cresce a nau presidencial navega em mares bravios.

Teimosia do tempoSó colhe quem planta

Outubro histórico

outubro 1, 2011

Outubro histórico.

Hoje, primeiro dia de outubro de 2011, a alvorada em Arembepe foi tranqüila. Fechamos um setembro de muita agitação. Zum…zum…zum… na “política”, “economia” e “ “criminalidade”.

No primeiro tema, a nossa presidenta (ou presidente) alcançou mais uns pontinhos na escala preferencista, pois os Institutos de pesquisas já lhe deram 51%  de aprovação. A direita raivosa até “baixou a guarda” um pouco. Os jornais e revistas que são alimentados por escândalos sempre se contradizem na espera de lucros vindos de seus ingênuos consumidores leitores. Enquanto o barbudo de Garanhuns, aclamado por estudantes em Paris, na cerimônia de recebimento do título de “doutor honores causa”, pelo Instituto de Estudos Políticos (SCIENCES-PO), dava o seu palpite sobre a economia global.

Quanto à “economia” O dólar bateu forte e as exportações das cooperativas brasileiras fecharam setembro numa galopante subida.

Neste terceiro, “criminalidade”, é pano prá mangas analisarmos: Logo o mal-estar no CNJ porque uma denodada magistrada disse o óbvio… (não vamos repetir o que ela disse porque enjoamos); só vou registrar neste postado o caso do garoto de 10 anos que baleou a sua professora e depois deu cabo da sua própria vida. Versados e profissionais psicólogos ainda não chegaram a uma conclusão clara para um pobre entendedor! Quem sabe se um eventual comentarista não acerte o inverossímil ?

Boas vindas para outubro!

BATALHAR É PRECISO!

julho 4, 2011

Reagindo sempre!

Precisamente em 04 de julho de 1975, no Hospital Santa Isabel (Salvador-Ba) renascia o jovem (hoje com 81 anos). Pra comemorar, escrevo ao relembrar momentos que já distam 36 anos. Três pontes de safena implantadas pelo Dr Nilso e sua competente equipe me asseguraram o
prolongamento da existência sob o acompanhamento de outro doutor, e grande
amigo, renomado cardiologista João  Souza Filho.

Continuo batalhando! Agora acompanhando a lide da companheira Zezé que está dando provas de grande guerreira na luta contra outros males de saúde que a vem atormentando. E já estamos ganhando a luta!!!

Continuamos aprendendo, e dando exemplos, e por isso registro este quatro de Julho!

ENFOQUE

abril 27, 2011

Convivemos com os enfoques diários, semanais, mensais… e por ai vai. Às vezes, escrever dá prazer. Motivos, vários! Do dia: O safado
pego arrombando um carro (documentado graças à câmara de um repórter amador) apresentou-se às autoridades e foi logo solto por decurso de prazo no fragrante.

A mídia de plantão torcendo pela “inflação” e a cara da “direita” justificando a desilusão. Pare-e-passo, os jornais mostram o marginal
que arrombou o carro e o senador que sofre de “bullying” (vocábulo inglês que está NA MODA).

Muito engraçado, também, o linguajar dos “economês” danados pelos os que eles supõem  equívocos a natural valorização do real  ante o dólar americano.

E a sanha do “mercado livre” estruma a concorrência entre  o etanol e a gasolina. Resultado, usineiros contentes quando momentaneamente
levam vantagem, porém acordam assombrados quando sonham com o pré-sal.

Afinal, somos ou seremos independentes! Enquanto não se tem a resposta certa os “novos ricos” continuam batendo seus novos carros nos postes das avenidas e engordando também as estatísticas funestas no balanço de feriados nas estradas.

Pequenas figuras ilustrariam este têxto neste 27 de abril.